Produção automóvel cresce 63,6% em agosto mas continua com saldo negativo no acumulado

0

A produção automóvel em Portugal cresceu 63,6% durante o oitavo mês do ano. O valor invulgarmente alto foi impulsionado pela Volkswagen Autoeuropa, mas apesar dele o balanço dos meses de 2015 mostra que a indústria continua em queda no país.

A produção automóvel em Portugal continua em queda. Entre janeiro e agosto deste ano foram produzidos 107.341 veículos automóveis, o que representa uma quebra de 3,6% face a igual período de 2014.

A puxar por este resultado está a diminuição de quase 18% na produção dos veículos comerciais ligeiros e uma estagnação no que toca aos ligeiros de passageiros.

A maioria continua a seguir além-fronteiras: 96,2% do total produzido – o que corresponde a 103.278 veículos – destina-se à exportação. Ainda assim, face ao período homólogo, este indicador regista uma quebra de 4% até agosto.

Alemanha mantém-se como o principal mercado, absorvendo 26,6% dos veículos exportados. Seguem-se Espanha (13,8%) e China (13%) no pódio.

No que respeita às duas maiores fábricas, a Volkswagen Autoeuropa em Palmela produziu 71.667 automóveis nos primeiros oito meses do ano, crescendo 5%. Já a PSA Peugeot Citroën continua com quebras homólogas de dois dígitos: acima dos 20% para os 31.476 veículos.

Apesar deste balanço acumulado, agosto foi um bom mês para a produção automóvel, com a produção a aumentar 63,6% face ao mesmo mês de 2014. Neste período, foram produzidos 4.323 veículos, com destaque para o bom desempenho na produção de ligeiros de passageiros.

A Volkswagen Autoeuropa é a responsável pelo resultado, com a produção a registar um incremento de 362%. Em agosto, Palmela produziu 2.363 veículos, quando em agosto de 2014 não tinha ido além dos 511.

Fonte: Jornal de Negócios | Fonte (imagem): Volkswagen Autoeuropa

Proteja o seu carro com a localização por GPS.

Share.
Saiba mais sobre:   Atualidade

Comments are closed.